Cotidiano

Mercado local

Chegada de franquias a Macapá pode gerar aquecimento da economia

Ao todo, 27 Franquias nacionais possuem o interesse no mercado promissor de Macapá


Hoje nosso comercial trabalha com 27 franquias nacionais, diz a superintendente do Garden
Hoje nosso comercial trabalha com 27 franquias nacionais, diz a superintendente do Garden

 

 

O ano de 2017 já está entrando na sua segunda fase e a expectativa no mercado empresarial se renova com a chegada deste segundo semestre. Diante deste sentimento, o Amapá Garden Shopping, empreendimento localizado na zona sul de Macapá, também aposta no crescimento e fortalecimento da economia da capital amapaense com a injeção de quase R$ 13 milhões no mercado de varejo até o fim deste ano.

Baseada em números, a expectativa é reflexo do interesse de grandes empresas nacionais em se instalarem no mercado amapaense. “Hoje nosso comercial trabalha com 27 franquias nacionais que possuem o forte interesse na instalação de lojas em nosso shopping, em que aguardam somente por investidores”, afirmou o superintendente do Amapá Garden Shopping, Boby Perkson.

O superintendente explica que transformando em números, a vinda dessas franquias nacionais para Macapá representaria a geração de quase 200 empregos e o impacto financeiro na vida de cerca de 800 pessoas.

A exemplo disso, é a chegada da multinacional iPlace no mercado local. Com data marcada para a inauguração no Amapá Garden Shopping, no dia 14 de setembro, a empresa é a representante oficial da Apple no Brasil e trará para Macapá toda a linha de produtos e acessórios da marca, além de serviços como assistência técnica especializada. O recrutamento de seus funcionários acontecerá entre os dias 26 e 30 de junho no Amapá Garden Shopping. Ao todo, setes vagas estarão disponíveis para contratação.

“Nós do Amapá Garden Shopping, acreditamos no mercado promissor de Macapá e a nossa meta, até o fim do ano, é que essas 27 franquias e outras empresas estejam instaladas em nosso shopping, gerando emprego e renda para o Estado do Amapá”, finalizou o superintendente do shopping.